Robôs furtivos com microfones podem melhorar mapas de ruído do oceano

Data segunda-feira, 3 fevereiro 2020
Origem ScienceNews
Autor Sofie Bates




"Compreender o ruído do oceano é importante para os esforços de conservação"

 

Movendo-se lenta e furtivamente pelo Oceano Pacífico, um planador robótico com microfone capturou uma cacofonia de sons de navios, baleias e explosões subaquáticas. A jornada do planador, atravessando 458 quilômetros da costa de Washington e Oregon e até 650 metros, demonstra que os planadores podem ser ferramentas eficazes para ajudar a mapear os níveis de ruído do oceano.

Os microfones imóveis não conseguem captar toda a gama de sons em grandes extensões de mar ou em várias profundidades na coluna de água da maneira que um planador consegue. O ruído do oceano é "algo que precisamos de medir e tentar entender melhor o porquê, onde e quais são os impactos" para a vida selvagem e os ecossistemas marinhos, diz o oceanógrafo Joe Haxel, no campus costeiro da Universidade Estadual do Oregon em Newport. Por exemplo, pesquisas anteriores mostraram que o sonar da Marinha (SN: 25/3/11) e navios de passagem podem criar poluição sonora que prejudica os animais marinhos (SN: 13/2/18), afetando comportamentos sociais e hábitos de proteção.



PARTILHE NAS REDES SOCIAIS